sexta-feira, 12 de outubro de 2012

RISO DO ANJO





Abres teus braços em cruz...
Me aninho neles com simplicidade,
Vontade de  ser presa no teu corpo...

Harmoniosas, nossas formas nuas,
E a tua mão inteira me afagando,
Como que à temperar as minhas carnes...

O céu amadurece calmamente,
E docemente empalidece o azul,
E o teu olhar de estrelas adormece...

Um anjo pisca o olho divertido,
Lança um olhar maroto e inocente,
Ri do meu jeito...Ri do meu gemido!


Dorothy de Castro.....ESCRITO  COM  BATOM






1 comentários:

evandro junior disse...

Quando um amor é verdadeiro
Quando é presente dado pelos céus
Coisas acontecem por conspiração celeste
Cuidando que mil pedras retiradas sejam
E sorri o anjo do senhor que calmo diz:
Se alegrem das benesses a vocês, cristãos

Postar um comentário

Poesias Pontilhadas © 2008. Design by :Yanku Templates Sponsored by: Tutorial87 Commentcute