quarta-feira, 12 de setembro de 2012

PÁGINA VERMELHA






Vem renovar meu corpo, passar à limpo
A minha história..me prometeste isso
O religar da vida ao teu garimpo
Quanto aos ciumes faço-os omissos...

Vem meu amor com a boca ressequida
Sejamos caminhantes de déo em déo
De morte em morte ou de vida em vida
Venha buscar os beijos do meu mel...

Maléficos dragões se nos depara
Se enredam nas torturas  mais vulgares
Nos perseguindo pelos céus e mares 
No invejar dessa paixão tão rara ...

Mentalidades tacanhas haja visto
Que a nossa estória escrita e resumida
Na força divinal do próprio Cristo
Em página vermelha será lida!
 

Dorothy de Castro                   Poesias    Pontilhadas             



 

1 comentários:

evandro junior disse...

A poeta me encanta com esses versos abordando um amor inspirado a um feliz homem amado, por certo. Feliz por ser capaz de tirar tão lindas coisas de vc. Parabéns aos dois.

Postar um comentário

Poesias Pontilhadas © 2008. Design by :Yanku Templates Sponsored by: Tutorial87 Commentcute