quarta-feira, 30 de novembro de 2011

SEXSTOSTERONA

Você me deixa constrangida e triste...
-Eu? não diga nunca uma coisa dessas...
Digo-te amor e vê se tu me escuta...
-Então me fale, estou à te escutar...
Gosto de amor logo pela manhã...
-Não vejo em que isso te aborrece...
Mas nunca fazes, esse é o problema...
-E o que pode ser  interessante?
É quando tens maior testosterona...
-E queres consumir o meu hormônio?
Não é bem isso só te quero duro...
-Vou te pegar pela manhã, eu juro...
Agora sim, no verso ponho rima...
Você fica por baixo e eu por cima...
Tão bom pela manhã, não tem escuro...
Custei à convencer esse danado...
Agora aqui em casa é decretado...
Pela manhã o sexo é sagrado!!!


Dorothy de Castro    Orgasmo Poético









1 comentários:

evandro junior disse...

Após uma boa noite de sono restaurador, nada melhor do que um gostoso exercitar de amor e paixão com quem se ama

Postar um comentário

Poesias Pontilhadas © 2008. Design by :Yanku Templates Sponsored by: Tutorial87 Commentcute