quarta-feira, 17 de julho de 2013

UM POETA AMADO

Sonha o poeta sem precisar dormir...
No acordado enleio das palavras...
Tem a certeza de que pode tudo...
E mudo fica imaginando a vida...


Quer o desfecho de um amor qualquer...
O importante é se saber amado...
Escritas ricas ou plebeias frases...
Comprando  azes pra ganhar o jogo...


Desgraça pouca tremular de boca...
Escreve e amassa todos os papeis...
O que seria Deus, da poesia...
Se ele perdesse a sua musa louca?...


Sonha o poeta ...
E acordando em gritos
Busca escrever os versos
Mais bonitos!!!


Dorothy de Castro    Poesias Pontilhadas

0 comentários:

Postar um comentário

Poesias Pontilhadas © 2008. Design by :Yanku Templates Sponsored by: Tutorial87 Commentcute