terça-feira, 13 de novembro de 2012

NUM DIA FRIO








Quarta feira depressiva... chuva,frio, cinza essa cor de tédio,,, Humanamente impossível
ser feliz num dia como esse! Pelas leis naturais das coisas abstratas,esperamos pela chama ardente,senão vejamos:-Amor,aumente o som, é a nossa música! As frases românticas da canção me faz lembrar esse teu bigodinho safado passeando na minha pele...Desejo de aconchego, te sentindo avolumar atras de mim, naquela conchinha gostosa produzida por nós...
Por um momento me submeto a uma passividade que não tenho. Penso no prazer carnal animalesco e sinto suas patas eróticas no meu quadril... Nos beijamos ao som de Luiz Miguel...Isso tudo, num dia frio!...

Dorothy de Castro

1 comentários:

evandro junior disse...

Muito belo esse seu conto poético, com a marca inquestionável do seu talento, mostrando que até os dias frios te inspiram a compor textos, os mais lindos. Parabés mais uma vez

Postar um comentário

Poesias Pontilhadas © 2008. Design by :Yanku Templates Sponsored by: Tutorial87 Commentcute