quarta-feira, 6 de outubro de 2010

FINITO AMOR

Estou saindo de ti,
tudo é finito...
O amor bonito lindo,
agora findo...
Não tem estrela, lua
que segure...
E nem me peça
que depressa eu jure,
Que estou brincando,
pois não  estou,
Fui... adeus
Aos sonhos meus!
eu saio na carreira,
As doces brincadeiras
nunca mais...
Pensar que poderia,
quem sabe,
Um dia, ser tua sina,
Tu me fizeste menina,
brincamos tanto
de inventar o amor...
E nossa brincadeira
predileta
Era escrever a história
que eterniza...
De um tal  poeta,
e sua poetisa!!!

Dorothy de Castro- Autora Orgasmo Poético



1 comentários:

Lara Sexy girl disse...

lindo mae, mas é brincadeirinha né? rsrsr

Postar um comentário

Poesias Pontilhadas © 2008. Design by :Yanku Templates Sponsored by: Tutorial87 Commentcute