quinta-feira, 26 de agosto de 2010

À TI JENARO DE FÁTIMA

Li de Jenário a história,
Fiquei pasma,
Porque um poeta assim
não se fabrica...
Nasce  da vida de amor
e glória,
Transcende de uma alma,
que adocica
As frases empregadas
nos poemas...
Tua cultura é mais
que uma cultura,
O teu saber contém
todo o universo...
E  na simplicidade
e com  ternura,
Te dou minha amizade
com meu verso!!!

Dorothy de Castro- Autora Orgasmo Poético

1 comentários:

Paulo Alvarenga Poetano disse...

lindo mãe adorei...bjs minha poetisa!!!!!!!!!!!

Postar um comentário

Poesias Pontilhadas © 2008. Design by :Yanku Templates Sponsored by: Tutorial87 Commentcute